Dissecção de Aorta e Emergências Vasculares Periféricas são tema de aula

 

Dissecção de aorta e emergências vasculares periféricas foram discutida nesta terça-feira, 10 de abril, no Curso para Residentes e Especializando em Medicina Intensiva, ministrado pelo cardiologista Rodrigo Castro Bernardes. De acordo com a literatura, a inespecificidade e a variabilidade da apresentação clínica exigem alto grau de suspeita e utilização de exames complementares. Dados demonstram que, quanto ao quadro clínico da doença, 85% dos pacientes se queixam de dor de início súbito, sendo localizada no tórax em 82% dos casos e em dorso em 43%. Algum déficit neurológico pode ser observado em 14% dos pacientes e 17% apresentam síncope. Encontra-se assimetria de pulso radial em 26% dos casos. A tríade hipotensão, tamponamento cardíaco e choque é encontrada em 22% das vezes.

As aulas do Cremi ocorrem sempre às terças-feiras, 18h30, na sede da Associação Médica de Minas Gerais. O próximo encontro será dia 17 de abril, com o tema Síndrome Coronariana Aguda com SSST.