Somiti prepara professores para atender situações de emergência

A Sociedade Mineira de Terapia Intensiva (Somiti) abre treinamento de Primeiros Socorros para professores da Rede Pública de Belo Horizonte. Em parceira com a Secretaria Municipal de Educação (SME), médicos, demais profissionais da área de saúde e estudantes de medicina se unem e preparam cerca de 1155 docentes para atenderem situações de emergência passíveis de ocorrer com seus alunos, como: engasgos, quedas, fraturas, paradas cardíacas, cortes, picadas de insetos etc. A ação vai de 1º de outubro deste ano até 21 de fevereiro de 2020.

Lei Lucas

Sucesso em 2018 em escolas da Região Metropolitana de Belo Horizonte, a ação entrou para o calendário da Somiti, após aprovação da lei Nº 13.722, de 4 de outubro de 2018. A legislação “torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil”. A motivação veio após o episódio ocorrido com o menino Lucas Begalli, na época com 10 anos, que faleceu na escola após engasgar com um pedaço de salsicha de cachorro quente.

O caso ocorrido em Campinas (SP), ganhou repercussão nacional, após especialistas afirmarem que o menino teria sido salvo se houvesse alguém no local com conhecimento básico em Primeiros Socorro para agir. A mãe de Lucas Begali fez um apelo quanto à criação da lei para que mortes como a que vitimou seu filho sejam evitadas. Para a diretora da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG) e intensivista, Maria Aparecida Braga, o treinamento se faz urgente e necessário: “Ninguém melhor que o professor, que acompanha o dia a dia das crianças nas escolas, para estar preparado e por perto em uma situação de emergência, evitando desdobramentos mais graves”. Braga lembra que o primeiro atendimento é primordial, prologando a vida do paciente até a chegada de equipe especializada como a do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Associação Médica de Minas Gerais apoia a ação.

Confira alguns momentos.

 

Como participar

 

Mais informações: (31) 3247 1645.

Fonte: Assessoria de Imprensa AMMG