Odontologia integra equipe multiprofissional

Dia 25 de setembro, quem ministrou a aula do Curso para Residentes e Especializandos em Medicina Intensiva (Cremi) foi a coordenadora do departamento de Odontologia da Somiti, Alessandra Figueiredo de Souza. A odontologia foi reconhecida como atividade imprescindível no atendimento aos pacientes internados em UTI’s, em 2010. A decisão que consta da Resolução nº 7 da Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária dita as normas para o funcionamento das Unidades de Tratamento Intensivo no Brasil. A RDC inclui a participação do dentista na equipe multiprofissional de atendimento nas UTI’s.

Souza ressalta que o trabalho do Departamento busca esclarecer sobre a atuação do dentista. “A principal abordagem conhecida pelos profissionais de saúde da odontologia na UTI é a prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica. Porém, muitas vezes os enfermos apresentam infecções onde o foco é desconhecido e pode ser de origem odontológica”. A especialista esclarece que existem condições sistêmicas que manifestam na cavidade, além de problemas bucais, como a doença periodontal, que podem agravar a condição do doente, tornando a intervenção necessária.

A especialista reforça que a atuação da odontologia veio complementar a assistência integral ao indivíduo hospitalizado. “O grande desafio atual é a inserção do profissional qualificado da odontologia nos hospitais, principalmente devido ao pouco conhecimento das formas de financiamento”, afirma.

Mais informações sobre o Departamento: (31) 3222 3172.