Campanha encerra com 1500 crianças treinadas

No dia 20 de setembro, Somiti e Abramede MG, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Nova Lima, finalizaram o Treinamento de Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) nas escolas públicas de Nova Lima.

As últimas atividades foram na Escola Municipal Florie Wanderley Dias. Em 15 dias de evento, cerca de 1500 crianças aprenderam a salvar vidas por meio de manobras com as mãos. Os professores das escolas já haviam recebido capacitação e novas ações estão previstas. A Associação Médica de Minas Gerais (AMMG) apoiou a iniciativa.

Para o instrutor da Somiti Filipe Naback, a atividade promove a cidadania, que tem como objetivo treinar os leigos para agir corretamente diante de uma vítima de parada cardiorrespiratória. "As crianças aprendem a pedir socorro, verificar se a vítima está responsiva,  ou não, e fazer as compressões cardíacas. Uma ação educativa que vai contribuir muito para salvar vidas." A coordenadora da escola, Nayara Resende, parabenizou as instituições. "Esse treinamento sobre situações de emergência é muito importante. Algumas crianças cuidam de irmãos menores e podem ajudar em caso de engasgo." 

Vanessa Andrade, coordenadora do Programa Criança em Tempo Integral, da Secretaria de Educação de Nova Lima, enfatiza que Somiti e Abramede contribuiram muito e que novas parcerias devem ocorrer. "As crianças são grandes divulgadoras de informação e esta iniciativa irá trazer muitos frutos positivos para a comunidade", afirmou. 

Para saber mais sobre a possibilidade de treinamentos para o público leigo, entre em contato pelo telefone: 3222-3172.

 Registro fotográfico