Reunião Multidisciplinar

Somiti e Abramede MG integraram, neste sábado, 15 de setembro, a Reunião Multidisciplinar realizada na Associação Médica de Minas Gerais (AMMG). O tema central: Sepse.

 A diretora científica adjunta da AMMG, Luciana Costa, alertou sobre os números relacionados à doença. “Cerca de 15 a 17 milhões de casos são registrados por ano. É também a maior geradora de custos nos setores público e privado, não apenas durante a internação, mas também pelas sequelas. Cabe a nós, médicos, e demais profissionais da saúde, nos conscientizarmos sobre o problema, alertando colegas, pacientes e população.”

Na primeira etapa, quem coordenou foi a vice-presidente da Abramede MG, Maria Aparecida Braga. A primeira palestra foi do presidente da Abramede MG, professor Marcus Vinícius Melo de Andrade. Ele alertou que o problema afeta o atendimento das emergências e a ocupação dos leitos em Unidades de Terapia Intensiva.

Na segunda etapa da Reunião Multidisciplinar quem coordenou a mesa foi o diretor da Somiti, Saulo Saturnino. Ele também apresentou 'as consequências do atendimento inicial na emergência nos resultados da terapia intensiva'.