Simulação de acidente de trânsito na UFMG

Dia 17 de setembro, a Associação Brasileira de Medicina de Emergência – Regional Minas Gerais (Abramede MG) e a Sociedade Mineira de Terapia Intensiva (Somiti) participaram da II Simulação do Campus Saúde da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A ação faz parte da Semana Nacional de Trânsito 2018 que nesta edição tem como tema “Nós somos o trânsito”. A ação foi organizada por professores e alunos da Escola de Enfermagem da UFMG, da Faculdade de Medicina e profissionais do Hospital das Clínicas da UFMG, em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais e SAMU BH. Os profissionais da Somiti prestaram orientações sobre técnicas simples de reanimação cardíaca para leigos.

O cenário

O evento desenvolveu ações educativas em saúde para a comunidade interna e externa à UFMG, com o foco na prevenção de agravos no trânsito. De acordo com a professora do curso de Gestão de Serviços de Saúde da EEUFMG, Karla Rona da Silva, coordenadora da ação de extensão, o objetivo dessas atividades é buscar simular um cenário bem próximo da realidade, tendo a atuação de profissionais dos serviços que integram a Rede de Atenção às Urgências. “Os alunos e demais participantes tiveram a possibilidade de desenvolver uma visão crítica sobre a realidade e enriquecimento mútuo, articulando saberes teóricos e práticos, educação, prevenção e promoção no âmbito da saúde”, disse.

 A professora explica que na simulação, um jovem de carro transita no interior do campus, desatento em função do uso simultâneo do aparelho celular e sem perceber a aproximação de um ciclista, se choca com uma bicicleta. Assustado, acelera ao invés de frear e colide também com uma árvore. Em seguida foi realizado todo o atendimento às vítimas.

 Atividades para a comunidade

Após a simulação, foi realizado o “Circuito Educativo” com atividades voltadas, principalmente, para educação, prevenção e conscientização a respeito do trânsito, além da distribuição de materiais educativos com foco na importância e valorização de cada cidadão para um trânsito mais seguro.

 Dentre as atividades do Circuito, houve explicação dos alunos do Curso de Gestão de Serviços de Saúde sobre a contribuição de cada cidadão para um trânsito seguro e realização do 'Pedágio legal: trânsito seguro é a gente quem faz'. A comunidade pode conhecer, ainda, uma Unidade Móvel do SAMU que ficau exposta com os equipamentos e materiais e participou de uma discussão com os profissionais sobre o acionamento e a não realização de trote; a Somiti ensinou a RCP; alunos e professores do curso de Enfermagem abordaram sobre ação da população frente a um acidente de trânsito. Além disso, o Corpo de Bombeiros promoveu conscientização da população sobre segurança no trânsito, explicanndo seu papel no atendimento de agravos em trânsito. A Polícia Rodoviária Federal trouxe o Cinema Rodoviário com exibição de vídeos que com foco nas principais causas de acidentes de trânsito e fatores de agravamento dos acidentes, como ultrapassagens proibidas pela sinalização ou forçadas, falta do cinto de segurança e cadeirinha, álcool e excesso de velocidade. Funcionários da Funerária também marcaram presença no evento com uma abordagem sobre a valorização da vida e o acolhimento humanizado a familiares enlutados.

Semana Nacional de Trânsito

 A edição de 2018 da Semana Nacional de Trânsito propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e promete uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Sendo um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

 

 Fonte: Assessoria de Comunicação da Escola de Enfermagem da UFMG