ECTE contribui para concurso

01/06/2018

Os alunos que do curso ECTE da Somiti foram aprovados no concurso do Samu, da região de Barbacena, e aguardam efetivação em suas respectivas cidades.

De acordo com o coordenador do curso, Fábio Kimura, os conteúdos teóricos e práticos apresentados visam capacitar os profissionais no atendimento inicial dos principais agravos agudos que podem ocorrer nas portas de entrada, como por exemplo, as Upas, prontos-socorros e pré-hospitalar. “É o atendimento seguro do paciente politraumatizado e de todas as suas derivações e traumas abdominais, cranioencefálicos, TRM, agravos de vias aéreas, choque, e também paradas cardiorrespiratórias, emergências respiratórias e alterações de consciência”, explica.

Kimura acrescenta que 60% do apresentado em sala de aula contemplam atividades práticas. “Simulamos os principais eventos e procedimentos que são realizados no ambiente pré-hospitalar e hospitalar. Durante o tempo do curso, o profissional tem a oportunidade de vivenciar as manobras realizadas em sua rotina. Respeitamos as principais diretrizes de atendimento dos pacientes em agravos agudos, focados principalmente no ATLS, na última diretriz de 2015, e hoje já atualizada no ATLS de 2018.” O curso teve duração de 16h e ao final foram submetidos a uma avaliação escrita, possibilitando a verificação do nível de aprendizado. Os alunos aprovados receberam o certificado.

Segundo o coordenador, mais de 300 alunos já foram treinados. Para ele, o objetivo é melhorar a qualidade do atendimento na ponta, levando capacitação, informação aos socorristas, médicos e enfermeiros que trabalham nas urgências e emergências. “Nos últimos anos, notamos também a procura de acadêmicos do último ano de medicina e enfermagem, que buscam um pouco mais de conhecimento, atualização para melhorar a formação acadêmica e ingressar no mercado de trabalho com mais segurança”.

Patrícia Aparecida dos Santos é uma das alunas do curso. Enfermeira formada há sete anos, trabalha no Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas Samuel Libânio, em Pouso Alegre (MG), e atualmente cursa pós-graduação de urgência e emergência na cidade. Para ela, o ECTE agregou conhecimento e informação sobre vários aspectos de sua profissão. “Tive a oportunidade de participar de dois cursos da Somiti: Emergências Clínicas Traumáticas para Equipes e BLS. Os cursos imprimiram bastante conhecimento. Como gosto da área de emergência, o conteúdo me impulsionou e qualificou para a prática diária e para participar do concurso do SAMU.” Santos conta que buscou o ECTE por duas vezes. “A primeira vez foi para me preparar para a prova objetiva do concurso e a segunda vez para a prova prática. Os cursos foram decisivos na minha classificação do concurso”, acrescenta. A aluna ressalta, ainda, a didática e o conhecimento dos instrutores sobre os assuntos abordados, afirmando que eles conseguiram fazer com que todos os alunos absorvessem bem o programa, para que pudessem se destacar na prova do concurso do SAMU. “Eu fiquei muito satisfeita com os resultados e sai do curso me sentindo uma profissional diferenciada, falo isso não somente pelo concurso, mas principalmente porque os cursos agregaram muito para a minha vivência profissional e serviram para abrir portas para eu conseguir uma qualificação melhor no mercado de trabalho. Com certeza, foi um divisor de águas e dentro das minhas possibilidades eu farei outros cursos. Já estou me preparando e programando para iniciar novos cronogramas de estudos porque qualificação nunca é demais”, conclui a aluna.

 

Para participar do curso, já estão abertas as inscrições para:

 ECTE - Passos - 18 a 19 de agosto de 2018

ECTE - Belo Horizonte - 15 a 16 de setembro de 2018