Atendimento e Manejo da Via Aérea

Alunos do Curso para Residentes e Especializandos em Terapia Intensiva acompanharam a aula do especialista Leandro Pereira, anestesista e intensivista, dia oito de maio. Ele explicou a importância e a necessidade da presença de um profissional capacitado para fazer o manejo da via aérea e a intubação traqueal, com indução e sequência rápida.  "A atuação eficaz de toda a equipe é crucial para aumentar as chances de sobrevivência e reduzir riscos para a saúde do paciente. O profissional deve ser capacitado e treinado para a realização do manejo da via aérea com intubação, para que não haja nenhuma surpresa desagradável." Pereira esclareceu que,  no momento de uma parada cardiorrespiratória, a realização imediata do processo de ressuscitação cardiopulmonar contribui imensamente para o aumento das taxas de sobrevivência das vítimas de parada cardíaca.

Luis Augusto Monteiro Coura, estudante do 10º período de medicina da UFMG e aluno da Ligami, disse que é essencial a qualificação. “Durante os treinamentos oferecidos pela Somiti temos a oportunidade de reforçar temas e assuntos importantes na formação médica, presenciados apenas em salas de aulas e estágios”. Segundo ele, é muito promissor vivenciar a realidade do dia-a-dia dentro de um hospital e assistir de perto, com uma visão mais aplicada, técnicas bem sucedidas durante um atendimento.  "Tivemos a oportunidade de manejar as vias aéreas com precisão, utilizando um manequim, e esse é o passo crucial em urgência. Um minuto faz a grande diferença quando falamos da vida de um paciente. A distância entre o sucesso e o fracasso está em um piscar de olhos", conclui.

O curso promovido pela Somiti é gratuito e as aulas acontecem às terças-feiras, 18h30, na sede da Associação Médica de Minas Gerais. O tema do próximo encontro é: 'Insuficiência Respiratória - Ventilação Mecânica - Indicações'

Mais informações: (31) 3222-3172.