Wolrd Pediatrics Conference

O intensivista, coordenador do curso FCCS - Fundamnetal Critical Care Support, da Somiti, representante brasileiro na Society of Critical Care Medicine, Leandro Braz de Carvalho, é palestrante no Wolrd Pediatrics Conference. O evento acontece dias 10 e 11 de setembro, em Singapura. 

 

Conforme explicaçã do especialista, o manejo das vias aéreas de pacientes pediátricos no departamento de emergência pode ser um desafio, devido a dificuldades relacionadas a questões anatômicas e problemas fisiológicos.

"A preparação é fundamental para que a primeira tentativa seja a mais segura", afirma Carvalho. 

Sucção, medicação, posicionamento, monitores, dispositivos e suprimentos de oxigênio e vias aéreas devem estar à mão. Pessoal treinado e provedores experientes de vias aéreas devem ser chamados com antecedência.

6 importantes lembretes:

  1. Novos dispositivos de via aérea estão disponíveis para os pacientes pediátricos.
  2. Dispositivos supraglóticos podem ser usados em circunstâncias muito diferentes e podem salvar vidas.
  3. Os videolaringoscópios podem facilitar a visualização e a intubação da via aérea infantil.
  4. A cricostomia é a via aérea cirúrgica de emergência por excelência.
  5. A traqueostomia deve ajudar a gerenciar a via aérea de longo prazo.
  6. A fibrobroncoscopia é usada na via aérea difícil antecipada e para diagnosticar complicações e síndromes raras.

 Fonte e mais informações!